Artrose do Joelho

A artrose é uma doença degenerativa e progressiva das articulações do corpo humano que ocorre devido ao desgaste de grande parte da cartilagem da articulação. A artrose é mais comum nas articulações que sustentam o peso como joelho, quadril e coluna. A artrose ocorre mais frequentemente em pessoas com mais 65 anos, porém pacientes mais jovens com alguma causa secundária também podem desenvolver a artrose. Entre os principais fatores relacionados ao desenvolvimento da artrose do joelho estão:

•   Obesidade

•   Prática de esportes de alto impacto

•   Lesões da cartilagem

•   Sexo feminino

•   Familiares com artrose

•   Problemas de alinhamento dos membros (geno valgo ou varo)

•   Sequela de fraturas do joelho

•   Lesões dos meniscos

•   Lesões ligamentares

Nos estágios iniciais da artrose, os sintomas são de dor leve de caráter progressivo que piora com a realização de atividades físicas moderadas ou intensas (subir e descer escadas, longa caminhadas, ficar longos períodos em pé, atividades esportivas entre outras). Nesta fase, a dor melhora com o repouso e uso de analgésicos e antiinflamatórios. Com o avançar da artrose, os sintomas se acentuam e podem manifestar sinais como edema do joelho, deformidades progressivas no joelho e até limitação do movimento com a perda da extensão ou flexão.

A radiografia é ferramenta indispensável para investigação e acompanhamento da doença. A ressonância nuclear magnética não é obrigatória para o diagnóstico da artrose, porém em alguns casos pode ajudar a a realização de diagnósticos etiológicos e diferenciais.

O tratamento visa diminuir a progressão da doença com a perda de peso, ganho de força muscular dos membros inferiores e alívio do inchaço (edema). 

A infiltração de ácido hialurônico no joelho também é conhecida como viscosuplementação e baseia-se na reposição do líquido normalmente encontrado no joelho (líquido sinovial). Estudos recentes demonstram que a viscosuplementação apresenta melhoras temporárias da dor e outros sintomas em pacientes com artrose em estágios iniciais. Em estágios muito avançados de artrose, a viscosuplementação não apresenta resultados satisfatórios. A viscosuplementação pode ser realizada no próprio consultório médico com os devidos cuidados de assepsia.

Pacientes com artrose que apresentam sintomas e sinais mecânicos podem se beneficiar com a artroscopia. A artroscopia visa a aliviar os sintomas mecânicos e dor, porém não é capaz de recuperar a cartilagem e evitar a progressão da artrose. No entanto, se a cirurgia for indicada ao paciente correto, melhora importante após a cirurgia é observada.

O tratamento cirúrgico com prótese do joelho está indicada nos casos de artrose avançada em que todas as opções de tratamento foram esgotadas e o paciente apresenta perda significativa da qualidade de vida e capacidade de se locomover.

   Dr. Paulo Belangero

Doutor em Ciência pela UNIFESP. Especialista em Ombro/ Cotovelo e Trauma Esportivo